6 de março de 2010

Ganhador do Prêmio Nobel da Paz tem direito de primeiro ataque Nuclear

A aprovação de uma nova doutrina nuclear nos Estados Unidos foi adiada por mais um mês. Os militares tinham tomado quase um ano para prepará-la. A formulação inicial, em que a América renuncia qualquer ataque preventivo, confessando ao invés de usar armas nucleares apenas em resposta ao ataque, foi rejeitada pelo presidente Barack Obama.

O projeto deixa claro que a ênfase está em armas não-nucleares, incluindo a defesa de mísseis no Golfo Pérsico, perto do Iran. A Revisão Quadrienal da Defesa, revelou no mês passado, prevê o desenvolvimento de uma nova classe de mísseis não-nucleares capazes de atingir um alvo em qualquer lugar do mundo em menos de uma hora.
Adeptos deste novo sistema de defesa do Pentágono estão confiantes de que esses mísseis causarão o mesmo efeito que as armas nucleares, sem a padronização convencional para uma guerra nuclear em larga escala. Como resultado, a administração americana vai sugerir um novo conceito de dissuasão que permite aos Estados desenvolverem vários tipos de armas de destruição em massa, que vão desde a química bacteriológica, que será restringida, sem recorrer a armas nucleares.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...