28 de junho de 2010

Cem mil americanos morrem a cada ano devido à remédios indicados por médicos


O estudo estimando que 100.000 americanos morrem a cada ano a partir de suas prescrições olhava apenas para as mortes por efeitos secundários conhecidos. Ou seja, essas mortes não aconteceram porque o médico cometeu um erro e prescreveu o medicamento errado, ou o farmacêutico cometeu um erro no preenchimento da prescrição, ou o paciente acidentalmente tomou muito.

Infelizmente, milhares de pacientes morrem de tais erros também, mas este estudo analisou apenas a morte em nosso atual sistema médico que não deveria falhar em ninguém. Dezenas de milhares de pessoas estão morrendo todos os anos a partir de drogas que tomaram apenas como o médico indicou. Isso mostra o quão perigosos os medicamentos são.


2 comentários:

Dr. Paulo Freire disse...

78 mil brasileiros morrem por ano devido ao uso errado de medicamentos

No Brasil temos mais de 11 mil nomes de remédios, causando enorme dificuldade para os médicos lembrarem de todos os nomes corretamente, das doses indicadas e dos efeitos no organismo. Além disso podem ocorrer mais de 155 mil reações entre estes medicamentos disponíveis (reações muitas vezes imprevisíveis).

O uso de mais de três medicamentos simultaneamente já causa reações entre eles. Dependendo da gravidade destas reações pode levar à morte do paciente. No Brasil ocorrem 1,4 milhão de casos de problemas com o uso medicamentos (Reações Adversas aos Medicamentos – RAM), e no Brasil desconhecemos o numero exato de mortos, porém estimamos em 78 mil pacientes internados (extrapolando dados dos USA – FDA). Não devemos esquecer que brasileiro adora auto-medicação.

Como médico gostaria de divulgar ao Brasil o trabalho de minha equipe para alertarmos a população e a classe médica, para juntos revertermos este lamentável quadro de mortes por medicamentos. Criamos uma plataforma de serviços on line para auxiliar os médicos durante a consulta e prescrição de remédios, chamada Portal Saúde Direta (www.saudedireta.com.br).

Peço que entre em contato comigo para trabalharmos nesta importante divulgação de interesse público.

Atenciosamente

Dr Paulo Freire
Médico Coordenador do Projeto Saúde Direta
Coordenador do Núcleo de Tecnologia da Informação do
Departamento de Dermatologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Contato - 5575-3632 5573-3242
freire@freirezaini.com.br

Èric disse...

Obrigado pelo comentário, muito boa essa atitude de divulgação.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...