7 de junho de 2010

Obama volta atrás no acordo sobre a matança de baleias


Os ambientalistas, já irritados com a manipulação do governo americano sobre o derrame de petróleo do Golfo, estão acusando presidente Obama de quebrar sua promessa de campanha para acabar com a matança das baleias.
A administração Obama está liderando um esforço dentro da Comissão Baleeira Internacional para suspender a proibição internacional de 24 anos de caça comercial de baleias pelo Japão, Noruega e Islândia, os restantes três países na comissão de 88 membros que continuam a caçar baleias.

O governo argumenta que o novo acordo irá salvar milhares de baleias durante a próxima década por parar os três países de explorar ilegalmente as brechas da moratória.
Mas os ambientalistas não estão caindo nessa.

"Aquela moratória sobre a caça comercial à baleia foi a maior vitória de conservação do século 20. E em 2010, acenar a bandeira branca, ou ceder à teimosia dos últimos três países envolvidos na prática é uma idéia bem burra", disse Patrick Ramage , o diretor do Fundo Internacional para o Bem-Estar Animal.
Vários grupos ambientalistas uniram forças para pressionar Obama a retirar seu apoio ao acordo antes da votação da comissão das baleias votem em 20 de junho em Marrocos sobre a possibilidade de levantar o embargo que foi defendido pelo presidente Reagan.



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...