5 de agosto de 2010

Exército planeja vacinas de 'explosão de DNA' para inoculação em massa


Vacinas de DNA ainda não foram testadas e são inseguras, mas o Exército dos Estados Unidos está trabalhando para desenvolver uma nova classe de vacinas que podem ser desenvolvidas rapidamente e rapidamente entregues aos militares e civis em tempos de epidemia ou emergência.

A abordagem utiliza uma ''arma genética'' à gás para explodir multi-agentes de vacinas de DNA diretamente nas células sem o uso de agulhas, em seguida, estimular a dose com "eletroporação", uma técnica que o Exército pretende tornar não-invasiva, mas que atualmente envolve a exposição cirúrgica do tecido muscular. O choque leve pode causar dor e danos no tecido.


De acordo com o Exército, dominar o processo significa não só vacinas concebidas mais rapidamente, mas uma rápida interação com o sistema imunológico. Além disso, o tratamento seria mais rápido porque cada beneficiário não precisa de uma agulha nova, e a arma genética sem contato "seria permitir uma administração de pessoa para pessoa mais rápida".


Mas os planos de vacinação Exército não são apenas sobre resistência a doenças, mas também sobre o condicionamento do "soldado do futuro'' - um soldado bombado cheio de aprimoramentos de produtos químicos.

http://www.infowars.com/army-plans-dna-blasting-vaccines-for-mass-innoculations-during-times-of-emergency/

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...