14 de setembro de 2010

Antena feita de nanotubos de carbono poderia fazer as células fotovoltaicas mais eficientes


Usando nanotubos de carbono (tubos ocos de átomos de carbono), engenheiros químicos do MIT (Massachusetts Institute of Technology) descobriram uma forma de concentrar a energia solar 100 vezes mais do que uma célula fotovoltaica normal. Esses nanotubos poderiam formar as antenas que captam e concentram a energia da luz, permitindo painéis solares potencialmente muito menores e mais poderosos.

Este filamento com cerca de 30 milhões de nanotubos de carbono absorve energia do sol, como fótons e, em seguida, re-emite fótons de baixa energia, criando a fluorescência vista na imagem acima. As regiões vermelhas indicam maior intensidade de energia, e verde e azul são de menor intensidade. (Crédito: Geraldine Paulus)

Fonte: Science Daily

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...