8 de setembro de 2010

Baratas e gafanhotos podem nos ajudar a combater supermicróbios



Um dos insetos mais resistentes do mundo, a barata, pode possuir a chave para os antibióticos de última geração, esperam os cientistas britânicos.


O cérebro e o sistema nervoso da barata e do gafanhoto contém nove moléculas que são tóxicas para super micróbios que estão se tornando resistentes aos principais medicamentos, disse a Universidade de Nottingham, em um comunicado à imprensa na segunda-feira.

Em testes em laboratório, o pesquisador de pós-graduação Simon Lee descobriu que os singulares compostos mataram mais de 90 % de bactérias venenosas Escherichia coli e a S. aureus (MRSA) que é resistente à meticilina.

Estão em curso trabalhos para ver como as moléculas se levantam contra supergermes emergentes, como Acinetobacter, Pseudomonas e Burkholderia.

A pesquisa ainda está numa fase muito precoce. Muitos anos de testes ainda estão pela frente, se a promessa se mantiver.

Fonte: Google News

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...