23 de setembro de 2010

Efeitos da exposição ao bisfenol A é grandemente subestimado


Estudo revela que a exposição humana ao composto químico Bisfenol A está sendo grandemente subestimada.

O bisfenol A (BPA) é um composto que mimetiza hormônios importantes para o desenvolvimento humano e é encontrado em mais de 90 por cento das pessoas nos Estados Unidos, de acordo com uma nova pesquisa.

A Agência de Proteção Ambiental dos EUA (EPA) diz que está "tudo bem" se humanos tiverem contato com até 50 microgramas de BPA por quilo do peso corporal para cada dia.

O novo estudo, publicado na revista Environmental Health Perspectives, sugere que estamos expostos a pelo menos oito vezes mais desta quantidade todos os dias.

Os hormônios são essenciais durante o desenvolvimento e podem determinar, entre outras coisas, o sexo de uma criança. O BPA, uma vez que imita o estrogênio, é um "disruptor endócrino", segundo Thomas Zoeller, professor de biologia da Universidade de Massachusetts, Amherst.

E, surpreendentemente, o BPA tem a capacidade de ligar-se a não um, mas três receptores - o estrógeno, o hormônio masculino e os receptores do hormônio tireoideano, Zoeller disse.


Segundo o site Eco Debate:



O BPA é um produto químico controverso comumente usado em embalagens de
alimentos e bebidas. Ele é usado em produtos de plástico policarbonato, tais
como embalagens reutilizáveis de bebidas, alguns utensílios de plástico e muitos
outros produtos de uso diário. É um dos principais produtos químicos do mundo,
com o maior volume de produção (mais de 2,2 milhões de toneladas), com um
faturamento estimado em US$ 6,4 bilhões. Diversas pesquisas comprovaram que ele pode ser encontrado nos corpos de mais de 90% da população.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...