28 de janeiro de 2011

Egito desliga a internet e mensagens de texto antes de protestos de milhões


Relatos estão surgindo de que a Internet está sendo desligada, no Cairo, e talvez de todo o Egito, apenas algumas horas antes do maior protesto planejado até agora.

O governo egípcio efetivamente desligou a internet, mensagens de texto e, eventualmente, telefones fixos. Isso inclui o Facebook e o Twitter. Ironicamente, esse ato de desespero, no Egito, que visa prevenir a transmissão televisiva devido a revolução, seria justamente o jogo que iria detonar a América no caminho certo para a revolução.

De acordo com um relato do site The Arabist: "o Egito desligou a internet".

Vários fornecedores de serviços de Internet foram afetados, segundo o relato, que afirma:

Acabei de receber um telefonema de um amigo, no Cairo (não vou dizer quem é agora, porque ele é um proeminente ativista) me dizendo que nem a sua DSL nem o seu serviço de internet USB está funcionando. Eu verifiquei apenas com outros dois amigos em diferentes partes do Cairo e suas internet também não estão funcionando.

A notícia da interrupção da Internet chegou minutos após a Associated Press publicar um vídeo de um manifestante egípcio ter levado um tiro.

O repórter da CNN Ben Wedeman confirmou Internet não funciona no Cairo, e escreve: "Sem internet, sem o SMS, o que será o próximo? Telefones celulares e linhas fixas? Tanto para a estabilidade. Jan25 # # Egito"

O Los Angeles Times está relatando também que a Internet do BlackBerry foi tirada do ar no Egito.

Fonte: Zero Hedge

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...