5 de fevereiro de 2011

As ostras estão desaparecendo do mundo


Um levantamento dos habitats de ostras em todo o mundo descobriu que os suculentos moluscos estão desaparecendo rapidamente e 85 por cento dos seus recifes foram perdidos devido à doenças e à super-exploração.

Uma equipe internacional de pesquisadores liderada por Michael Beck da The Nature Conservancy e da Universidade da Califórnia, Santa Cruz, analisou a condição dos recifes de ostras nativas em 40 eco-regiões, incluindo 144 baías.

"Recifes com ostras estão a menos de 10 por cento de sua abundância de antes, na maioria dos compartimentos (70 por cento) e ecorregiões (63 por cento) ", disse o estudo.

"Elas estão funcionalmente extintas - na qual elas não têm qualquer papel significativo no ecossistema e permanecem a menos de um por cento das abundâncias prévias em muitas baías (37 por cento) e ecorregiões (28 por cento). - particularmente na América do Norte, Austrália e Europa".

Pela média das perdas entre todas as regiões, os investigadores vieram com uma estimativa de que 85 por cento dos ecossistemas de recifes de ostras foram perdidos, mas disseram que esse número foi baixo assim provavelmente porque em algumas áreas faltaram registros históricos para comparação.

As ostras são importantes para os ecossistemas porque filtram as impurezas da água e fornecem alimento e emprego para pessoas que vivem em comunidades costeiras.

O declínio da população de ostras, muitas vezes começa na pesca de arrasto, ou a dragagem destrói a estrutura das peças do recife, deixando as ostras sobreviventes vulneráveis a estresses do ambiente.

Em alguns casos, espécies não-nativas de ostras são introduzidos depois de um declínio da população, e que trazem com eles as doenças que mais matam as ostras nativas.

Os autores recomendam que os recifes com menos de 10 por cento de sua antiga abundância devam ser fechados para novas colheita até que as ostras possam construir os seus números de novo.

Fonte: Yahoo News

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...