7 de março de 2011

Lâmpadas fluorescentes liberam gás venenoso se forem quebradas


Conselhos de todo o Reino Unido se recusam a pegar lâmpadas de baixo consumo energético das casas, pois elas contêm mercúrio tóxico, que emite vapores venenosos.

Mas os consumidores confusos estão colocando as novas lâmpadas - classificadas como resíduos perigosos - em suas latas de lixo quando queimam, possivelmente colocando a segurança de milhares de lixeiros em risco.

Anteriormente, o público eliminava lâmpadas tradicionais, usadas na Grã-Bretanha por 120 anos, em uma lixeira doméstica.

No entanto, elas estão sendo eliminadas em uma decisão da União Européia e estão sendo substituídas por lâmpadas economizadoras de energia, muitas dos quais contêm mercúrio.

A UNISON, o sindicato que representa milhares de catadores de lixo em toda a Grã-Bretanha, disse que estava preocupada com os riscos que os lixeiros estão enfrentando.

Um porta-voz disse: "Estamos preocupados porque a maioria das pessoas não sabe que essas lâmpadas não devem ser colocadas em caixotes do lixo. O Governo não está fazendo o suficiente para tornar as pessoas conscientes dos riscos".

Os tipos mais comuns de lâmpadas de baixo consumo energético são conhecidas como "lâmpadas fluorescentes compactas".

Um estudo realizado pela Agência Federal de Meio Ambiente da Alemanha descobriu que, quando uma delas quebra, emite níveis de vapores tóxicos em até 20 vezes superior ao limite de diretriz segura para uma área coberta.

Se uma lâmpada é quebrada, A Agência de Proteção de Saúde do Reino Unido aconselha as famílias a evacuarem a sala e deixar ventilar por 15 minutos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...