28 de abril de 2011

Alemães exigem fechamento de usinas nucleares

Dezenas de milhares de manifestantes na Alemanha se reuniram perto de 12 usinas nucleares do país, exigindo um fim ao uso da energia nuclear.


Na segunda-feira, mais de 120 mil manifestantes reuniram-se em 12 das 17 usinas nucleares do país, apelando para o governo da chanceler alemã Angela Merkel para fechar imediatamente todas as plantas.

Os manifestantes chamaram a atenção dos funcionários para o acidente da central nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, que ocorreu 25 anos atrás, bem como o incidente da usina de Fukushima no Japão em março passado.

Segundo o organizador do protesto, Peter Dickel, o estado alemão da Baixa Saxônia tem testemunhado algumas dos maiores manifestações do país, com mais de 20.000 indivíduos participantes.

Cerca de 17.000 manifestantes saíram na usina nuclear Krummel no norte do estado de Schleswig-Holstein, enquanto mais de 15.000 outras pessoas congregadas perto da fábrica Grafenrheinfeld na Baviera.

Solicitações pelo fim da presença da OTAN no Afeganistão também estavam entre os slogans anti-nucleares nas manifestações a nível nacional.

O protesto veio depois que Merkel impôs uma moratória sobre a construção de novas usinas nucleares no mês passado.

Após a crise nuclear de Fukushima, no Japão, sete das mais antigas plantas do país foram fechadas temporariamente. Os níveis de segurança das 10 usinas restantes estão sendo monitorados.

Fonte: Press TV

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...