26 de maio de 2011

Ativista da Amazônia e sua mulher são mortos em emboscada


Um proeminente conservacionista brasileiro e sua esposa foram mortos na região amazônica, informou a polícia.

Eles disseram que João Claudio Ribeiro da Silva e Maria do Espírito Santo foram emboscados no Pará, perto da cidade de Marabá.

O ambientalista tinha avisado repetidas vezes das ameaças de morte contra ele por madeireiros e pecuaristas.

A notícia das mortes ocorreu horas antes da Câmara dos Deputados do Brasil aprovar uma lei que facilita as regras do desmatamento.

O governo ordenou uma investigação imediata e prometeu capturar os responsáveis pela morte do Sr. Da Silva e sua esposa.

Os corpos do casal foram encontrados dentro da reserva natural, Praialta-Piranheira, onde tinham trabalhado durante os últimos 24 anos.

De acordo com a família e amigos, o casal foi submetido a várias ameaças nos últimos dois anos por seu ativismo ambiental.

Eles viviam do cultivo ecológico de nozes, frutas e borracha.

Fonte: BBC

Um comentário:

Anônimo disse...

Infelismente em nosso pais, vale mais quem tem mais, eles já vinham falando sobre ameaças a muito tempo e ninguem dava credito. perdemos duas peças fundamentais na defesa da nossa floresta. equanto o interesse de uma minoria for priorizado aconteçera isso

PRECISAMOS COMO BRASILEIROS QUE SOMOS DAR UM BASTA NESSE TIPO DE MISSERIA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...