12 de maio de 2011

Fundador da WikiLeaks recebe Prêmio da Paz de Sydney


Julian Assange, um ex-hacker australiano que está lutando contra a extradição da Grã-Bretanha para a Suécia por supostos crimes sexuais, foi elogiado e premiado com a medalha de ouro da Sydney Peace Prize (Prêmio da Paz de Sydney).

Embora o Prêmio da Paz seja atribuído anualmente pela fundação, apenas três outras pessoas na sua história de 14 anos foram agraciados com o prêmio de ouro pela coragem em busca dos direitos humanos - o Dalai Lama, Nelson Mandela e líder budista japonês Daisaku Ikeda.

A fundação fez uma homenagem à determinação de Assange por buscar maior transparência e responsabilização dos governos ao redor do mundo, tendo desafiado "práticas seculares de sigilo do governo".

"Ao defender o direito das pessoas de saber, WikiLeaks e Julian Assange criaram o potencial para uma nova ordem no jornalismo e no livre fluxo de informações", disse o diretor da fundação, Stuart Rees.

Assange é o fundador do WikiLeaks, o site de denúncia que já publicou centenas de telegramas em que diplomatas dos EUA dão as suas opiniões, muitas vezes cândidas, aos líderes mundiais, para embaraço agudo de Washington.

Também vazou incontáveis documentos secretos sobre as guerras no Afeganistão e no Iraque.

Assange, que foi preso em Londres a pedido da Suécia, em Dezembro, mantém-se sob fiança atéa sua contestação em julho para a decisão de um juiz britânico a extraditá-lo por acusações de agressão sexual.

Fonte: physorg.com

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...