13 de fevereiro de 2012

Cientistas descobrem segredos moleculares de remédio herbal chinês de 2000 anos



Dichroa febrifuga

Por cerca de dois mil anos, herbalistas chineses têm tratado a malária usando um extrato de raiz, vulgarmente conhecida como Chang Shan, de um tipo de hortênsia, que cresce no Tibete e Nepal. Estudos mais recentes sugerem que halofuginona, um composto derivado do ingrediente bioactivo este extrato, poderia ser usado para tratar muitas doenças auto-imunes também. Agora, pesquisadores da Harvard School of Dental Medicine descobriram os segredos moleculares por trás desse poder do extrato de ervas.

Acontece que halofuginona (HF) desencadeia uma via de resposta ao estresse que bloqueia o desenvolvimento de uma classe prejudicial das células imunitárias, chamadas células Th17, que têm sido implicadas em muitos distúrbios auto-imunes.

"Este estudo é um ótimo exemplo de como que solucionando o mecanismo molecular da medicina herbal tradicional pode levar tanto a novos insights sobre regulação fisiológica e novas abordagens para o tratamento de doenças", disse Tracy Keller, uma instrutora no laboratório de Whitman e primeira autora do artigo.

Fonte: Physorg

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...