25 de março de 2013

Cientistas conseguem criar órgãos humanos em laboratório



A criação de um complexo órgão humano em laboratório não é mais um sonho de ficção científica.


Cientistas estão criando órgãos cada vez mais complexos em laboratórios, com o objetivo de salvar vidas através do transplante.

Um pesquisador britânico transplantou dutos lacrimais cultivados em laboratório e uma artéria em pacientes. Ele fez um nariz artificial que ele espera  transplantar ainda este ano em um homem que perdeu o nariz devido ao câncer de pele.

Agora, com o desafio de construir um coração, os pesquisadores estão lidando com um órgão mais complexo. A recompensa pode ser enorme, tanto médica e financeiramente, porque muitas pessoas ao redor do mundo sofrem com a doença cardíaca. Pesquisadores vêem um mercado de bilhões de dólares para o desenvolvimento de peças de coração que podem reparar corações doentes e artérias obstruídas.

O desenvolvimento dessas peças de laboratório está sendo estimulado por alguns doadores de órgãos em meio a crescente demanda por transplantes.

Além disso, ao contrário dos pacientes recebendo transplantes, os destinatários de órgãos construídos em laboratório não terão que tomar poderosos medicamentos anti-rejeição para o resto de suas vidas. Isso porque os órgãos de bioengenharia são construídos com células dos próprios pacientes.

Até o final de 1980, alguns cientistas acreditavam que seria possível fazer órgãos humanos porque era uma luta fazer crescer células humanas em laboratório. A tarefa tornou-se mais fácil quando cientistas descobriram as substâncias químicas conhecidas como fatores de crescimento, que usam o próprio corpo para promover o crescimento celular.

Fonte: The Wall Street Journal

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...