8 de março de 2013

Economia Baseada Em Recursos vs Capitalismo vs Comunismo



Você provavelmente já se perguntou, o que é uma Economia Baseada em Recursos e como é que é diferente do comunismo?

Vamos responder isso com um exemplo.

Todos estes sistemas lidam com a alocação de recursos. Então, podemos fazer uma comparação básica, simplificando a sociedade em um único recurso, e analisar a sua aquisição, alocação e aplicação no que diz respeito ao fornecimento de uma única necessidade.

Sim, é simples e a sociedade é muito mais complicada, mas muitas pessoas afirmam que podem explicar o capitalismo e o comunismo, em uma única frase, de modo que é o que vamos fazer, apenas com o propósito de explicação.

Vamos usar a madeira como o recurso e considerar a sua utilização para nos manter quente. Imagine uma floresta profunda, e uma pequena sociedade dentro dela, vivendo em cabanas de que precisem aquecer.

No capitalismo, todos nós lutamos pela madeira, algumas pessoas acabam recebendo toda a madeira e, em seguida, a vendem de volta para nós.

No comunismo, todos recebem a mesma quantidade de madeira.

Em uma economia baseada em recursos, construimos uma fazenda solar térmica que aquece todas as cabanas.

Capitalismo

Começa com todos tendo a mesma chance de adquirir madeira suficiente para alimentar a sua família. (Ou aquecê-los!) Há uma abundância de madeira ao redor, você só tem que trabalhar para obtê-la. Quanto mais você trabalhar, mais madeira você pode obter.

Se você trabalha muito duro, e cria um excedente, você pode então usar esta madeira extra para trocar por ferramentas para cortar ainda mais madeira, dando-lhe uma vantagem sobre os outros. A acumulação se perpetua - os ricos ficam mais ricos.

Então, é claro que isso não pára por aí. Depois de um tempo, você acaba com o monopólio da madeira. Você tem tanto, que você esquece do porquê que estava fazendo isso, e agora você está vendendo a madeira de volta para as pessoas tão barata que é muito mais fácil para eles comprá-la de você do que cortar sua própria. Claro, isso soa como uma coisa boa, mas para ser capaz de suportar a madeira, as pessoas têm de trabalhar. Felizmente, mesmo na nossa floresta imaginária, há outras indústrias em que as pessoas podem trabalhar. No entanto, todos elas eventualmente sofrem o mesmo destino que a indústria da madeira.

Poderíamos, claro, complicar a analogia, indo em como a automação ou o trabalho do terceiro mundo está tomando todos os trabalhos e deixando o primeiro mundo pobre e desempregado, e todos os problemas que a sociedade enfrenta neste momento, mas vamos mantê-lo simples - os capitalistas (aqueles com o capital) ganharam o controle total sobre os recursos e sua alocação. (Não precisamos nem mesmo colocar o governo nisso!)

Comunismo

Obviamente há muitas diferenças entre o comunismo e o socialismo, mas para simplificar, vamos empacotá-los em um só.

Em sua floresta comunista, todos trabalham, e todos recebem madeira suficiente para manter sua família aquecida. Na verdade, essa é a floresta socialista. Em uma floresta comunista, as elites do governo tomam mais do que todos os outros e as pessoas são deixadas para compartilhar o que sobra (que será menor do que a quantidade necessária).

Esta analogia é muito mais simples do que o capitalismo, principalmente porque há muito a ser dito sobre o capitalismo.

Economia Baseada em Recursos

Agora, como é que funciona em uma Economia Baseada em Recursos? Como podemos compartilhar a madeira? Quem decide quem compartilha a madeira?

Bem, em uma economia baseada em recursos, todos se reúnem em um curto período de tempo, construímos casas para todos, de extrema alta tecnologia, duradouras, eficientes, e apartamentos com painéis solares e centros de recreação. Cidades com transporte automatizado e agricultura. Uma vez construídos, e todos cuidando, todos nós podemos fazer os trabalhos que nós escolhemos, melhorando e fazendo a manutenção do sistema que nós construímos.

Claro que não é tão simples, mas a idéia é. Em vez de fazer os recursos livres para todos, ou ditando a partir do topo como eles se alocariam, nós os usamos da maneira mais eficiente possível, de acordo com a mais recente ciência e tecnologia, a fim de fornecer o máximo de benefícios para a sociedade como um todo.

No final, os outros métodos sempre apenas beneficiam uma pequena elite. E realisticamente, esses benefícios são uma falsa economia. Quando estamos todos trabalhando juntos para o benefício de todos, podemos criar mais benefícios do que até mesmo a elite de hoje poderia sonhar.

Fonte: Resource Based Living

5 comentários:

Elétrica Santos disse...

Oi, você poderia postar mais sobre esse assunto, por que ele é importante para quebrar mitos e apresentar o método científico

Diogo disse...

texto muito bom e didático, parabéns...
eu só queria levantar alguns poréns:

1) em que ponto a economia baseada em recursos (apesar de serem duas coisas distintas) se opõem ao comunismo? ambas não poderiam se levar uma a outra? sendo que a primeira é muito mais utópica (no sentido de ser distante da realidade atual) que a segunda?

2) o comunismo não é só o que fizeram dele ao longo da historia, mas também é uma ideia abstrata que pode se torna concreta com eficiência se bem planejada da forma correta, valido lembrar que muitos comunista não são sequer a favor da existência do estado e, tão pouco, da sua utilização para fins revolucionários... mais esses criticas feitas por você se aplicam bem ao leninismo e ao stalinismo...

Abraço, até mais...

Èric disse...

Olá! Só para lembrar, eu postei esse texto traduzido de outro site. Mas vou tentar responder suas perguntas.

A principal diferença entre comunismo e a economia baseada em recusrsos é o uso inteligente da tecnologia. No comunismo existe um "chefe" e na economia baseada em recursos, não haveria um líder, as decisões seriam tomadas a partir de supercomputadores. Tudo seria pensado e planejado a partir de cálculos baseados em dados em tempo real sobre as condições do planeta como um todo, e de todas as pessoas, sendo sempre o objetivo o bem estar e a harmonia dos seres humanos com a natureza. Outra diferença importante é o uso de dinheiro - não precisamos disso em um mundo onde as máquinas podem trabalhar por nós na maioria das tarefas.

Anônimo disse...

Comunismo antes de ser uma ideologia do seculo 18 e 19 foi e sempre sera uma visão de mundo igualitario, sem classes e consecutivamente sem exploração, porem só a partir de Marx é que as pessoas começaram entender de fato, as contradições do capitalismo e da historia humana com uma base teorica (https://youtu.be/CRfXVr8MS9Y?t=618) - O sentido de teoria para Marx.
As obras de Marx se baseiam no materialismo histórico, que procura as causas de desenvolvimentos e mudanças na sociedade humana nos meios pelos quais os seres humanos produzem coletivamente as necessidades da vida. No capítulo III da obra "Do Socialismo Utópico ao Socialismo Científico", Friederich Engels afirma: "A concepção materialista da história parte da tese de que a produção, e com ela a troca dos produtos, é a base de toda a ordem social; de que em todas as sociedades que desfilam pela história, a distribuição dos produtos, e juntamente com ela a divisão social dos homens em classes ou camadas, é determinada pelo que a sociedade produz e como produz o pelo modo de trocar os seus produtos." Em "Contribuição à crítica da economia política" Marx afirma: “Numa certa etapa do seu desenvolvimento, as forças produtivas materiais da sociedade entram em contradição com as relações de produção existentes ou, o que é apenas uma expressão jurídica delas, com as relações de propriedade no seio das quais se tinham movido até então. De formas de desenvolvimento das forças produtivas, estas relações transformam-se em grilhões das mesmas. Ocorre então uma época de revolução social”.
Marx nao usava sua subjetividade para entender a realidade, então com sua reprodução ideal da realidade e os estudos feitos, percebeu que o colapso do sistema é inevitavel e propoem a unica coisa possivel em sua epoca, a revolução socialista visando o comunismo, Marx errou em acreditar que a revolução aconteceria em um pais desenvolvido, a russia saiu do feudalismo direto para o socialismo, formando então a uniao sovietica. Não vou entrar em detalhes sobre a união sovietica e o socialismo, tenho minhas criticas mas nao sou especialista, tambem parece existir muita masturbação academica e egocentrica nesse sentido, o que dificulta entender realmente os acontecimentos historicos, mas é inegavel a influencia que a URSS teve sobre o mundo, a unica que aprensentou algum perigo grave ao capitalismo, alem do seu papel na segunda guerra contra o nazismo. Voltando ao comunismo, Marx entendia que só seria possivel o comunismo, se os meios de produção dos bens materiais não fosse propiedades privadas, acabando assim com as divisões de classes e os conflitos, emancipando então a humanidade, pois desde a agricultura existe essa divisão de propietarios e não propietarios e os conflitos que isto pode causar.
O que nao da pra fazer que é de costume de algumas pessoas é, teleportar Marx para hoje e dizer que foi alguem que estudou o capitalismo, discordo do sistema dizendo que teria que ser da forma como ele entendia, assim simplesmente, fazer isso é ignorar sua importancia filosofica, social, economica e cientifica, para a humanidade. É preciso ter empatia tambem, pois comunistas, anarquistas e qualquer movimento social que visa um mundo melhor, não são nossos inimigos, nao preciso dizer que nem todo mundo tem bom senso ou que todo comunista vai respeitar o que voce diz. Tão importante quanto, é entender o pq da pessoa, gostar, acreditar, sentir, odiar, falar, pensar e fazer o que faz, nao esquecendo tambem que se queremos entender a realidade, seja la o que for, nao podemos nos basear na nossa vontade, no que nós acreditamos, gostamos etc. Respeitar o proximo e aceitar que estamos errado é o primeiro valor de uma EBR/Comunismo. Só pra finalizar, os 2 são a mesma coisa sim, pq com o fim das classes (Socialismo/Transição) a maioria dos problemas se resolveriam, logo a sociedade usaria o melhor da ciencia e tecnologia para resolver os problemas, entrando assim na EBR/Comunismo.

David Nunes disse...

Facebook: davidnunes299@gmail.com ou a comunidade do G+: https://plus.google.com/u/0/communities/115117921281079418377
Mandem a mensagem #EBR Economia Baseada em Recursos para não ficarem na caixa de solicitação.
-Somente a união faz a força. Principalmente para esse projeto.
Os interessados entrem em contato comigo pelo Facebook para formarmos um grupo cada vez maior de pessoas e juntos irmos ensinando a nossa família para que estejam confiantes e juntos faremos um site para começar o cadastro para colocar os estudantes nas escolas e os trabalhadores em suas profissões preferidas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...