4 de abril de 2013

Pesquisa revela: 75% das pessoas no mundo são intolerantes à lactose



Somos a única espécie no planeta que bebe leite de outra espécie.


A intolerância à lactose é quando o organismo não produz lactase suficiente para quebrar a lactose, um açúcar encontrado no leite e muitos outros produtos lácteos derivados do leite. A enzima responsável pela quebra de lactose é a lactase, uma enzima encontrada na parede dos intestinos. A lactase quebra a lactose (açúcar encontrado no leite) em galactose e glicose. A atividade da lactase fica reduzida após a amamentação, e neste ponto o corpo não precisa mais de lactase quanto antes. Sem contar que um leite materno humano é muito diferente do leite de uma vaca. A redução da atividade da lactase após a infância é um evento geneticamente programado. Aproximadamente 75% da população da Terra é intolerante à lactose por um motivo, pois é perfeitamente natural. As estatísticas variam de raça para raça e de país para país, mas em geral elas mostram uma quantidade anormal de indivíduos que se qualificam. Em alguns países asiáticos, 90 da população é intolerante à lactose.

Uma vez que a única função da lactase é a digestão da lactose no leite, a maioria das espécies de mamíferos sofrem uma redução dramática na atividade da enzima após o desmame. A persistência de lactase em humanos evoluiu como uma adaptação para o consumo de leite não-humano e de produtos lácteos consumidos além da infância. Nossa dieta mudou muito, e como resultado, alguns dos nossos genes se adaptaram, mas não é um processo fácil. É por isso que a maioria dos seres humanos são intolerantes à lactose. Todos as outras espécies desmamam e depois nunca mais bebem leite novamente para o resto de suas vidas, e por isso não têm uma enzima para quebrar o açúcar do leite.

Atualmente, existem movimentos que ocorrem para tentar remover o leite de cantinas escolares para melhorar a dieta das crianças. Muita informação está sendo lançada que desmente o que se acreditava sobre o leite.

O consumo de leite é o culpado por uma variedade de problemas de saúde, incluindo o seguinte:

  • câncer de mama
  • diabetes (diabetes mellitus tanto e diabetes juvenil)
  • pedras nos rins
  • acne
  • doença cardíaca
  • osteoporose
  • esclerose múltipla
  • AVE (acidente vascular encefálico)
  • artrite reumatóide

Segundo o site Health Alicious Ness, os alimentos que substituem o leite e que têm a maior fonte de cálcio são: ervas desidratadas, semente de gergelim, tofu, amêndoas, vegetais de folhas verdes, castanha-do-pará, e arenque (peixe).

Dizem também que o leite contém alguns níveis de sangue e pus das vacas...

Fonte: Collective Evolution

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...