3 de junho de 2013

Charlatanismo: o que nos disseram sobre o CO2 é mentira



Ainda bem que os níveis de dióxido de carbono estão finalmente subindo ligeiramente na nossa atmosfera, trazendo o dióxido de carbono muito necessário para as plantas e as florestas do mundo que estavam famintas por CO2. A falta de CO2 na atmosfera é um dos fatores limitantes mais devastadores para o crescimento das plantas e reflorestamento do planeta, e apenas a 400 ppm - que é apenas a 400 microgramas por quilo - o dióxido de carbono é tão baixo que a vida vegetal da Terra mal consegue respirar.

Não que as indústrias de carvão e petróleo sejam boas, na verdade elas são poluidoras terríveis de nosso planeta por muitas razões que não têm nada a ver com o CO2.

SIM, o CO2 é um nutriente essencial da planta. Níveis de CO2 mais elevados apoiam mais rápido o crescimento das plantas.

Em comparação com o CO2, que está a 400 ppm no ar, o oxigênio existente na atmosfera está a 210.000 ppm.

Então, toda essa conversa de dióxido de carbono ameaçando todo o planeta em apenas 400 ppm - menos da metade do 1/1000 do ar - é pura bobagem. Ciência charlatã.

Ao longo da história do nosso planeta, o CO2 atmosférico foi muito, muito maior, e isso apoiou eras de florestas tropicais exuberantes, crescimento rápido das plantas e uma biodiversidade muito maior do que o que vemos hoje.

De fato, há 525 milhões de anos, os níveis de CO2 na atmosfera da Terra eram tão altas quanto 7.000 ppm - e estava longe do planeta "morrer", como dizem os mentirosos que inventaram a história do aquecimento global. Aquela época foi um dos momentos mais exuberantes de biodiversidade na história de nosso planeta.

Plantas marinhas também precisam de mais CO2 e a maioria da biologia marinha  surgiu em um momento em que os níveis de CO2 eram muito maiores do que são hoje.

Quanto maior os níveis de CO2 na atmosfera, mais CO2 é absorvido na água do mar, tornando-se disponível para ajudar as plantas marinhas a prosperar. Este CO2, mais importante, é também utilizado para construir recifes de coral.

Já ouviu falar que o CO2 está destruindo os recifes de corais? Se você pesquisar o assunto a fundo, vai ver que os recifes de corais são em grande parte sendo destruídos pela enxurrada química tóxica da atividade humana, e não do CO2.

Fonte: Natural News

Um comentário:

Ricardo D disse...

O aquecimento global libera mais CO2. A temperatura elevada favorece o apodreciento e emissão de CO2 de matérias orgãnicas em decomposição. A temperatura mais elevada favorece uma menor diluição do CO2 nos oceanos.
O maior erro, portanto, é inverter causa e efeito. O aguecimento global cíclico causa maior emição de CO2 e não o inverso.
O aumento da cobertura vegetal, ao contrário diminuirá a temperatura global e causará a absorção do CO2.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...