19 de julho de 2013

A guerra não faz parte da natureza humana


A sociedade primitiva não foi motivada pela guerra, acreditam os cientistas.


Pesquisadores da Academia da Universidade Abo na Finlândia dizem que a violência nas primeiras comunidades humanas foi impulsionada por conflitos pessoais, em vez de batalhas de grande escala.

Eles dizem que suas descobertas indicam que a guerra não é uma parte inata da natureza humana, mas sim um comportamento que adotamos mais recentemente.

O estudo foi publicado na revista Science.

Patrik Soderberg, um dos autores do estudo, disse: "Esta pesquisa questiona a idéia de que a guerra era sempre presente no nosso passado ancestral. Isso nos dá outra ideia sobre aquela época, onde as brigas e agressões eram principalmente sobre os motivos interpessoais em vez de grupos que lutam uns contra os outros."

A equipe de pesquisadores basearam suas conclusões em tribos isoladas de todo o mundo que foram estudadas ao longo do século passado.

Longes da vida moderna e sobrevivendo de plantas e animais selvagens, estes grupos vivem como os caçadores de milhares de anos atrás.

"Eles são o tipo de sociedade que realmente não dependem da agricultura ou animais domésticos - são sociedades primitivas", explicou o deputado Soderberg.

"Cerca de 12.000 anos atrás, assumimos que todos os seres humanos viviam neste tipo de sociedade, e que este tipo de sociedade fizeram cerca de 90% do nosso caminho evolutivo."

Conforme os caçadores fizeram a transição para a agricultura, os grupos se tornaram mais territoriais e com uma estrutura social mais complexa.

"À medida que os seres humanos se estabeleceram, então a guerra se torna mais dominante e presente. Para estas sociedades primitivas, a guerra ainda não entrou em cena", acrescentou.

Fonte: BBC News

Um comentário:

Anônimo disse...

Nem a competição.. pelo menos essa q o capitalismo nos impõe !! é escravidão ! em troca de papeis com números impressos, pra trocar por comodidades

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...