28 de setembro de 2013

Governo da Nigéria prende qualquer um que se recuse a vacinar os filhos contra a poliomielite



Menos de uma semana após o Governo do Estado da Nigéria ameaçar qualquer um de prisão se recusarem-se a permitir que a vacina contra a poliomielite fosse administrada em seus filhos, 120 pessoas foram presas por violar a diretiva.

O Diretor da Agência de Desenvolvimento do Estado de Cuidados Primários de Saúde, Dr. Shehu Yabagi, que divulgou isto a jornalistas em Minna, disse que entre as pessoas detidas estavam aqueles que tinham se oposto ao exercício de vacina de imunização contra a poliomielite no Estado.

Ele ressaltou que as pessoas foram presas em vários locais pela polícia conforme a agência tentava fazer valer a lei que proíbe a rejeição da vacina contra a poliomielite.

Yabagi disse que alguns dos suspeitos já haviam sido citados perante vários tribunais do estado, enquanto alguns deles haviam sido condenados.

"Alguns até já pagaram multa por sua ação", disse ele.

Ele disse que a agência vai continuar a trabalhar arduamente para garantir que a poliomielite seja erradicada de todo o país através da advocacia e aplicação das várias leis promulgadas pelo governo.

Yabagi disse que o governo também enviou outro projeto de lei para a Assembléia Legislativa para tornar uma ofensa criminal se qualquer clérigo pregue contra a aceitação das vacinas contra a pólio.

Qualquer pregador que viola a lei, Yabagi disse, seria preso ou paga uma multa enorme.

O diretor disse que chefes tradicionais e líderes religiosos tinham sido mobilizados para educar seus súditos e membros sobre as vantagens da vacina.

Fonte: Punch

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...