28 de outubro de 2013

Cientistas chineses criam lâmpada que fornece internet sem fio super rápida


Cientistas da Universidade Fudan, de Xangai, criaram uma lâmpada de 1 watt que fornece acesso à internet wireless.


Usando uma tecnologia chamada Li-Fi , ou a fidelidade da luz (light fidelity), o protótipo criado pelos cientistas é uma alternativa acessível e eficiente para os meios existentes.

De acordo com a Chi Nan , professor de tecnologia da informação, quatro computadores foram capazes de se conectar facilmente à internet quando mantidos perto da lâmpada Li-Fi.

O uso de freqüência de luz permite que todos os computadores se conectem simultaneamente. A lâmpada Li-Fi , com um microchip, gera cerca de 150 mbps que é 20 vezes mais rápida do que a conexão média na China. Nan também afirma que os equipamentos atuais de transmissão de sinal sem fio são caros e ineficientes.

"Quanto a telefones celulares, milhões de estações base foram estabelecidas ao redor do mundo para fortalecer o sinal, mas a maior parte da energia é consumida em seus sistemas de refrigeração", disse Nan Xinhuanet.

A nova tecnologia será apresentada no China International Fair Industry no dia 5 de novembro, em Xangai, onde cerca de 10 kits de amostras Li-Fi serão exibidos.

A nova lâmpada é vista como um produto de custo amigável que pode ajudar muito a prevenir a pirataria de sinais sem fios, pois a luz não pode passar pelas paredes quando comparada com os sinais de rádio.


O desenvolvimento vem num momento em que os chineses estão  substituindo lâmpadas incandescentes por lâmpadas LED.

"Onde quer que haja uma lâmpada LED, há um sinal de internet", disse Nan. "Desative a luz e não há nenhum sinal."

O protótipo ainda está em um estágio muito incipiente e vai demorar vários testes e mudanças antes que o produto seja desenvolvido para uso comercial. Os cientistas precisam se concentrar nos controles de comunicação de luz, design e fabricação de microchips, entre várias outras áreas, de acordo com especialistas.

Li-Fi é um tipo de tecnologia de comunicação à luz visível que oferece vídeos de alta definição a um computador. O termo foi concebido pelo Prof Harald Haas, um especialista em comunicações ópticas sem fio na Universidade de Edimburgo, que também demonstrou o funcionamento da tecnologia em 2011.

Fonte: International Business Times

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...