16 de fevereiro de 2014

Bebidas energéticas: porta para álcool e drogas


Um novo estudo descobriu que as bebidas energéticas podem ser uma espécie de porta de entrada ao fumo, álcool e uso de drogas por adolescentes. 


O estudo, que foi publicado na edição de janeiro / fevereiro do Journal of Addiction Medicine, descobriu que quase um terço dos adolescentes norte-americanos bebem bebidas energéticas de alto teor de cafeína. Esses mesmos adolescentes também relataram taxas mais elevadas de uso de álcool, drogas ou cigarro, descobriram os pesquisadores.

As mesmas coisas que levam os jovens a consumir bebidas energéticas, como estar "à procura de sensações radicais", pode também torná-los mais propensos a usar outras substâncias, de acordo com a nova pesquisa feita por Yvonne M. Terry-McElrath, MSA, e seus colegas do Instituto de Pesquisa Social da Universidade de Michigan, Ann Arbor.

A equipe de pesquisa analisou dados de cerca de 22.000 estudantes do ensino médio nos Estados Unidos. Em particular, a equipe analisou dados de estudantes do oitavo, décimo e décimo segundo ano. Os alunos eram participantes do estudo chamado "Monitorando o Futuro" da Universidade de Michigan, que foi financiado pelo Instituto Nacional sobre Abuso de Drogas.

Ao responder a questionários, cerca de 30 por cento dos participantes relataram consumir bebidas energéticas cheias de cafeína. Além disso, mais de 40 por cento disseram que beberam refrigerantes regularmente todos os dias, enquanto apenas 20 por cento disseram que bebiam refrigerantes diet diariamente.

O estudo descobriu que os meninos eram mais propensos a consumir bebidas energéticas que as meninas, e que o uso foi maior para os adolescentes sem os dois pais em casa, assim como aqueles com pais que eram menos educados. O que mais surpreendeu a equipe de pesquisa foi que os mais jovens (os alunos da oitava série) foram os mais propensos a consumir bebidas energéticas.

Fonte: Natural News

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...