20 de junho de 2014

Foi descoberta uma epidemia 'apocalíptica' da antiguidade


Arqueólogos encontraram evidências de uma epidemia antiga e devastadora de proporções apocalípticas.


Uma equipe de especialistas investigando o complexo funerário de Harwa e Akhimenru, que já foi a antiga cidade egípcia de Tebas, encontraram restos de um número de pessoas que tinham sido cobertos com cal, uma substância que era comumente usada como desinfetante durante os tempos antigos .

A descoberta também os levou a descobrir três fornos, onde teriam sido feitos o cal e os restos de uma enorme fogueira que também continha sinais de restos humanos.

Acredita-se que estas descobertas remontam ao que é conhecido como a "praga de Cipriano", uma epidemia do século III que provocou a morte generalizada em todo o Império Romano, com mais de 5.000 pessoas sucumbindo à doença todos os dias, apenas em Roma.

São Cipriano, bispo de Cartago durante a peste, descreveu-a como um evento tão devastador que ele acreditava que o mundo estava prestes a chegar ao fim.

Demorou mais de duas décadas para que a epidemia finalmente cessasse.

Fonte: Fox News

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...