26 de agosto de 2015

Salto alto pode afetar seu orgasmo e 12 fatos surpreendentes sobre sexo



William Masters e Virginia Johnson tornaram-se famosos pela pesquisa inovadora sobre sexo que eles conduziram na Universidade de Washington em St. Louis entre 1950 e 1960. As descobertas de Masters e Johnson mudaram a forma como pensamos sobre o sexo e sobre a sexualidade das mulheres em particular. Os seus estudos demonstraram que as mulheres são capazes de ter orgasmos múltiplos, entre outras coisas. Estas foram as idéias revolucionárias da época, mas uma nova pesquisa sobre mulheres e sexo revelou alguns fatos que chocaria até mesmo Masters e Johnson. Aqui está a mais recente pesquisa sobre sexo do Dr. Eden Fromberg de SoHo OBGYN e o mais recente livro de Naomi Wolf, Vagina: A New Biography.

1. Os ciclos de luz afetam a fertilidade feminina

As mulheres costumavam a menstruar durante a lua nova (quando está escuro à noite) e ovular durante a lua cheia (quando é claro). Agora, em um mundo cheio de iluminação artificial e telas brilhantes, as mulheres não estão tão em sintonia com a ligação entre seu corpo e a natureza. Algumas têm tentado a "lunaception", que é alterar as luzes em seus quartos com base na iluminação lunar para mudar sua ovulação.

2. As mulheres podem engravidar cinco a oito dias depois de ter sexo

Estudos têm demonstrado que alguns espermatozóides podem viver no muco da cripta cervical antes do óvulo ser fertilizado, entre cinco a oito dias após o sexo.

3. Usar saltos altos podem afetar negativamente o orgasmo da mulher

Algumas marcas de sapatos desenvolveram o arco em seus sapatos de salto alto para aproximar o arco na pélvis de uma mulher. Os saltos criam uma contração no assoalho pélvico, o que é problemático porque o assoalho pélvico não consegue contrair ainda mais durante o orgasmo. "Um orgasmo é geralmente igual a ir de zero a 60", explica Fromberg. "Se você já está a 55 [por usar saltos], você não terá uma experiência completa."

4. Os orgasmos podem tornar as mulheres mais criativas

Estudos têm demonstrado que os orgasmos podem tornar as mulheres mais confiantes, produtivas e criativas. E isso funciona reversamente - as mulheres atigem orgasmos mais completos quando elas estão sendo criativas.

5. As pílulas anticoncepcionais amortecem a libido

Qualquer contracepção hormonal tem esse efeito colateral psicológico. Às vezes as mulheres ainda têm problemas para engravidar mesmo que não estejam usando a pílula, porque enquanto elas podem ter sido atraídas para o seu parceiro usando a pílula, o casal não é realmente compatível entre si bioquimicamente sem os hormônios extras.

6. Sentar em cadeiras pode excitar as mulheres...

Os nervos pudendos, debaixo dos ísquios, alimentam tecidos de excitação (na vagina, clitóris, ânus, etc). Sentar-se em um certo tipo de cadeira pressionando os nervos pudendo de uma certa maneira pode levar à excitação sexual.

7. ... mas também pode enfraquecer seus orgasmos

Por outro lado, sentar em cadeiras pela maior parte do dia encurta o pavimento pélvico e os músculos psoas - músculos que são essenciais para um orgasmo de corpo inteiro. Quando esses músculos são apertados por sentar-se muito, as mulheres têm mais dificuldade para conseguir um grande orgasmo.

8. As mulheres têm três zonas erógenas

O clitóris, o ponto G, e a abertura do colo do útero. Alguns dizem que os mamilos pertencem a essa lista também.

9. As terminações nervosas são distribuídas de forma diferente na vagina de cada mulher

Como um floco de neve, cada mulher é única na medida em que suas terminações nervosas são distribuídas em seus órgãos genitais de forma diferente. Isso significa que, toda mulher precisa empregar ligeiramente diferentes métodos para atingir o orgasmo.

10. As pulsações que uma mulher sente durante o orgasmo são, na verdade, seu útero tentando reunir esperma

Ligamentos redondos que terminam nos grandes lábios "balançam o útero para frente e para trás durante o orgasmo para que o colo do útero tenha a oportunidade de potencialmente colher sêmen, que pode ser reunido na parte de trás da vagina para aumentar a fertilidade", diz Fromberg.

11. Estar bem hidratada leva a melhores orgasmos

Porque o corpo é na maior parte fluido, estar hidratada aumenta a capacidade para se atingir o orgasmo.

12. Toda mulher pode atingir o orgasmo

Quase nenhuma mulher nasceu incapaz de alcançar um orgasmo. "As mulheres têm o maquinário inato programado para ter orgasmos", explica Fromberg. "Mas nem todo mundo aprende a usar bem esta máquina."

Fonte: Time

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...